domingo, 30 de outubro de 2011

DOKA MADUREIRA MARCA...ISTANBUL BB GANHA DE VIRADA E FICA EM 3º NO CAMPEONATO TURCO

Foto reprodução do site istanbulbbsk.org

O Istambul BB saiu atrás do placar contra o Ankaragücü, com um gol de Freedom aos 27 minutos do primeiro tempo, antes Doka Madureira tinha perdido um Penalti aos 10 minutos, mas aos 43 minutos o atacante senamadureirense deixou tudo igual e faltando 04 minutos para o fim do jogo, Holmem fez o segundo e garantiu a vitória do Istanbul BB, que agora ocupa a terceira colocação do campeonato turco com 17 pontos, atrás de Galatasaray e a frente do Besiktas pelo critério de desempate e do líder Fenerbahce, que tem 18 pontos e uma partida a menos, que será realizada nesta segunda-feira 31.10.

MISSA DE UM ANO DE FALECIMENTO

Pedro Paulo Guedes Monteiro (Nas:28.06.1931 Fal:31.10.2011)
Em nome da família, venho convidar a parentes, amigos e a comunidade em geral, para a celebração da missa de 01 (um) ano de falecimento de meu pai Pedro Paulo Guedes Monteiro, que será realizada na Igreja nossa Senhora da Conceição, dia 31.10.2011, às 19h15min. Desde já a família agradece.

MILITARES PRENDEM 02 COM DROGAS E MUITO DINHEIRO EM MANOEL URBANO


Por volta de 01h15min da madrugada do dia 30 de outubro, em frente ao espaço de eventos “Casa do Forró” no centro da cidade de Manoel Urbano, o cidadão conhecido por Nel Gibson Pereira da Silva, 18 anos e seu comparsa Jozimar Farias de Souza, 22 anos, (Foto ao lado) foram presos pela Policia Militar comercializando substâncias entorpecentes.
A guarnição da Polícia Militar, composta pelo SGT Marlizan e SD Canizo recebeu uma denúncia via telefone, dando conta que Nel Gibson encontrava-se negociando entorpecente na proximidade da festa, então os policiais passaram a observar a movimentação de Nel Gibson e de seu comparsa.
Estando em atitude suspeita, Nel Gibson foi submetido a uma busca pessoa, onde foram encontradas em seu poder 20 trouxinhas de uma substância aparentando ser cocaína que estava dentro de sua cueca e a quantia de R$ 860,00 reais, possivelmente provenientes da venda do entorpecentes. O mesmo informou para a guarnição que a droga pertencia a Jozimar e que o mesmo havia lhe entregue para vender a substância no espaço de festa.
Segundo relato dos Militares, é de fundamental importância a participação da população nas denúncias dessas naturezas, só assim mais infratores serão retirados de circulação.
Informações retiradas do B.O da Polícia Militar

DEPOIS DE VITÓRIA MATOS...MARCO SAMPAIO

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Em conjunto entregue pelo governo há dois meses, falta água e sobra lama


O sonho de morar na casa própria virou pesadelo para as cento e vinte famílias que ocupam desde agosto passado, a unidades habitacionais do loteamento Mutambo, conjunto habitacional localizado no início da estrada do Quixadá, construído dentro do programa “Minha Morada”.
Entregue as famílias no dia 17 de agosto de 2011, o conjunto apresentou, em pouco mais de dois meses de ocupação, problemas que não deveriam aparecer num bairro recém construído. Os moradores reclamam que desde que mudaram para o novo endereço, precisam comprar água nos caminhões pipa para garantirem o abastecimento.
“Depois desses dois meses, ontem é que caiu um pouco de água aqui. Passei semanas comprando 500 litros por R$15 reais”, reclamou a funcionária publica Marilene Rocha, que saiu do bairro Tangará para o novo conjunto.
Em duas das seis ruas do conjunto, um lamaçal dificulta a passagem de pedestres e tira a beleza do lugar. Todas as ruas foram pavimentadas, mas nessas duas, a rede de abastecimento estourou obrigando a empresa responsável pela obra a iniciar um trabalho de recuperação da rede.
As máquinas jogaram o barro sobre o asfalto e com as chuvas, o barro virou lama.
Dono da empresa se irrita com reportagem
Na manha desta quinta-feira, operários da empresa Engecal, que executou a obra pelo valor de R$ 5,5 milhões, trabalhavam na recuperação de parte da rede de água. O serviço foi acompanhado de perto pelo engenheiro Jorge Thomás, dono da empresa, que não gostou nada da presença da reportagem no local.
Perguntando porque o conjunto recém construído apresentou problemas na rede de abastecimento, Thomás disse que esses problemas são comuns, mas que já estavam sendo reparados, e acrescentou: “Voces vem aqui pra tentar tirar alguma coisa de negativo. Eu já fui diretor de empresa de comunicação e sei como isso funciona. Olha meu amigo, vá lá com o pessoal do governo e eles vão te responder tudo, aqui a empresa está trabalhando e pronto”, disse ele encerrando a conversa.
Diretor de obras diz que se contrato não for cumprido, dinheiro não será liberado
O diretor de obras da Secretaria de Habitação, Marcelo Menezes, disse que o governo está fiscalizando de perto a execução da obra, que embora já tenho sido entregue, não encerra o contrato de responsabilidade. Ele garantiu que somente quando os problemas forem reparados, é que a SEHAB irá liberar o restante do dinheiro referente ao contrato.
“Se a empresa não cumprir o contrato, será penalizada. Se não fizer os reparos necessários a gente não libera o dinheiro. A obra foi entregue sim, mas a responsabilidade da empresa com o loteamento é de cinco anos a partir da entrega”, lembrou ele.
Falando sobre a falta de água, Menezes disse que o Saerb está operando normalmente para aquela área. Uma equipe do Saerb que esteve no conjunto hoje pela manha, disse que oficialmente a obra ainda não foi entregue ao Serviço de Água e Esgoto de Rio Branco.
Matéria:ac24horas.com

Obra de ampliação do Pronto Socorro de Rio Branco está paralisada


O projeto de verticalização e ampliação do atendimento de urgência e emergência do antigo Pronto Socorro de Rio Branco, que foi iniciado no ano de 2010, na administração do ex-governador Binho Marques (PT), apontado como “uma grande reconstrução que o tornará um centro de excelência da saúde do Acre, com cinco andares e contando até com heliporto para os resgates do helicóptero João Donato, está parado.
A informação de paralisação das obras do novo Huerb é de operários demitidos pela construtora Adinn, e foi confirmada pela diretoria do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil do Acre (STICCEA), que afirmou que os trabalhadores estariam sendo demitidos gradativamente do canteiro de obras. “Só na semana passada, foram demitidos 10 operários de uma única vez”, disse a secretária do sindicato.
Os investimentos apresentados nas placas da obra no valor de mais de R$ 20 milhões, financiado pelo BNDES – estaria parado, segundo os operários, por falta de material para continuidade da construção. Iniciada em janeiro de 2010, pelo então governador Binho Marques, a obra teria um prazo estipulado para o termino em 14 meses. Cogitou-se até que Marques conseguiria finalizar os trabalhos e inaugurar o novo PS ainda em sua administração, mas oito meses depois do vencimento do prazo nem foi iniciada a fase de acabamento da obra.
A reportagem visitou o canteiro de obras nesta quinta-feira, 27, onde alguns operários permaneciam no local. Um dos trabalhadores informou que estariam acontecendo apenas pequenos trabalhos, com poucos operários. Sem se alongar, o funcionário da empresa Adinn disse que não poderia falar sobre o assunto, mas que estariam esperando a chegada de insumos para dar continuidade aos trabalhos. A movimentação era de poucos funcionários que montavam um andaime.
Sindicato confirma paralisação das obras e demissões de operários
Representantes da diretoria do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil do Acre (STICCEA) confirmaram a paralisação das obras do novo Pronto Socorro. De acordo com o tesoureiro da entidade, os trabalhadores estariam sendo demitidos constantemente. Na semana passada foram homologadas 10 rescisões de uma única vez, contou ele.
Há informações – não confirmadas – de que o empresário Criu Pontes, responsável pela construturo Adinn, estaria transferindo todo seu maquinários para onbras no vizinho estado de Rondônia.
O OUTRO LADO
A reportagem manteve contato pelo telefone: (68) 3227-2222, com o escritório da construtora Adinn, para saber a versão dos responsáveis da empresa sobre a paralisação das obras do novo Pronto Socorro de Rio Branco. A secretária da empresa transferiu a ligação, supostamente para o engenheiro geral, Nilton Luis Bittencout, mas em seguida retornou dizendo que o responsável técnico não poderia atender porque estaria em reunião.
Com a insistência da reportagem em falar com alguma pessoa que pudesse fornecer maiores informações, a secretária informou que Nilton Luis teria dito que seria  para o repórter ligar para a SEOP, que ele não poderia falar sobre o assunto.
Na Secretária de Obras Públicas, o secretário Wolvenar Camargo, não foi localizado para apresentar a versão do Governo do Estado. Em contato via telefone celular (68) 9985-20**, Camargo disse que não poderia atender a reportagem naquele momento, já que estaria em reunião. O gestor pediu para retornar em 40 minutos, o que foi feito, mas nas tentativas posteriores de ligação, o telefone apenas chamava até cair na caixa de mensagem.
Matéria:ac24horas.com

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Bala perdida quase matar menor no Cristo Libertador

 
Quando assistimos pela a televisão relatos de que balas perdidas teriam vitimadas várias pessoas inocentes, achamos que fato desta natureza não possa acontecer no interior do estado. É ai que nos enganamos. Pois isto já esta acontecendo em Sena Madureira que era uma pacata cidade do interior do acre.
Desta vez a vitima foi um menor de idade de 17 anos que foi alvejado em suas costas por uma bala, onde o mesmo não tinha nada a ver com a confusão que estava acontecendo no bairro do Cristo Libertador.
De Acordo informações Francisco Moura de Lima de 26 anos de idade junto com mais 02 menores pegaram um revólver e tentaram matar um outro menor de idade que segundo relatos de moradores este menor tinha alguns acertos pendentes com o trio.
Após verem o menino que procuravam dispararam um tiro que não pegou no mesmo, mas sim em um outro que estava pelo local. Ao ver que a tentativa de homicídio havia saído errado, os mesmos fugiram tomando rumo ignorado até o momento.
O menor alvejado ficou caído no chão e foi socorrido por terceiros até a chega da SAMU que o levou para o Hospital local, onde foram feitos os procedimentos médicos de urgência para salvar o rapaz.
Em conversa com a nossa equipe o menor enfatizou que sentiu algo estranho furando a suas costa e quando deu por si já estava todo ensangüentado. Graça a Deus estou vivo para contar a história, mas como também poderia ser outra pessoa. Onde estou me recuperando e me sentindo melhor. Destacou
A policia esta na busca dos infratores, onde já tem pista que não foram divulgados para a Imprensa.
Matéria:Márcio Faria/senaemdestaque.net

Arena da Floresta: palco de um festival de irregularidades graves


Inaugurado a mais de cinco anos, o estádio Arena da Floresta foi oferecido à população do Estado, como uma maravilha da arquitetura moderna. Uma das obras mais divulgadas entre os projetos do então governador Jorge Viana (PT), que durante a campanha dos estados brasileiros para sediar a Copa 2014, apresentou aos representantes da Fifa, como um dos estádios mais modernos do país, é segundo processo do MPE, “uma obra nova, inacabada e maquiada”.
A reportagem de ac24horas teve acesso ao processo movido pela Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor, que proibiu a realização de jogos com a presença de torcida no Arena da Floresta. A documentação aponta uma série de irregularidades graves. O estádio que vem sendo usado em todas as competições de futebol em nível nacional, sequer poderia está recebendo público, já que de acordo com o processo não tem Habite-se.
O Habite-se é expedido pelo Poder Público Municipal e autoriza a utilização do imóvel. A promotora de Justiça de defesa do Consumidor, Alessandra Marques enviou requerimento a prefeitura de Rio Branco, no dia 26 setembro solicitando a apresentação do Habite-se, mas em resposta a secretária de Desenvolvimento e Obras Públicas, declarou: “o estádio Arena da Floresta não possui até a presente data, o Termo de Habite-se”, comprovando a irregularidade na utilização da praça esportiva.
Em todos os laudos requeridos pelo MPE constam irregularidades.
O laudo de engenharia anexo ao processo aponta anomalias críticas, regulares e mínimas na estrutura do estádio, como o fato de que estruturas de ferro encontravam-se à mostra em alguns pontos da obra. O MPE estipulou prazo para a correção, mas o Governo do Estado não sanou as irregularidades, de acordo com o processo.
O MPE constatou ainda, a falta de uma série de documentos no laudo de vistoria de engenharia realizada pelo Crea.
Preocupados com o estado da estrutura do estádio, os engenheiros do Crea recomendaram que fosse realizado exame estrutural, em virtude das rachaduras detectadas no estádio, mas até o momento o governo não sinaliza com esta possibilidade.

Os questionamentos da promotoria mostram ainda, problemas de prevenção e combate de incêndio na estrutura do estádio que “não se adéqua, nem de longe”, as exigências do Ministério do Esporte.
Segundo avaliação do MPE, o Arena da Floresta não está preparado para receber o público estipulado pelo Governo do Estado, já que falta uma central técnica de informações; monitoramento por imagem; gerência de segurança; barreiras físicas para separar torcedores e espaço destinado à torcida visitante.
O laudo da Vigilância Sanitária apontando diversas inadequações sanitárias que atingem diretamente a qualidade dos alimentos comercializados no interior da praça de jogo.
A documentação enviada ao Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJ-AC), pela promotora Alessandra Marques é contundente ao afirmar que o Arena da Floresta não poderia está em funcionamento. “Hoje, desde já deve dizer, o Arena da Floresta é uma obra nova, inacabada e maquiada”, afirma à promotora.
LIBERAÇÃO DO ESTÁDIO
A liberação do Arena também é questionada pela promotoria, que afirma que o magistrado plantonista noturno criou, inovou e inventou ao autorizar o Estado a promover os jogos das séries C e D, com a presença de público.
“É de se destacar que o Estado do Acre, proprietário do Arena da Floresta, deixou todos os prazos para sanar as anomalias de engenharia se esgotassem, crente na impunidade e na generosidade de algumas decisões judiciais em relação ao poder Político, optando por improvisar de última hora, maquiando a situação do estádio”, diz Alessandra Marques.
Ação judicial do governo eliminou o Rio Branco e colocou a vida de torcedores em risco
Na documentação que mostra os problemas técnicos do Arena da Floresta, a promotora Alessandra Marques alerta para dois erros graves cometidos pelo Governo do estado. Segundo a promotora o governo teria cometido “um quadro trapalhadas, interessado em impor sua vontade a qualquer custo”.
A promotora deixa claro, que a pressa do governo em resolver a questão atrapalhou e complicou a situação do Rio Branco Futebol Clube, já que o Estado recorreu na Justiça comum e ainda fez o time de futebol a incorrer no mesmo erro, sendo que o canal seria a Justiça desportiva, que alertaria a CBF para chegar a uma solução do problema.
Sobre o risco que correram os torcedores com a lotação completa do estádio, a promotora é enfática na documentação: “os laudos apresentados pelo Estado do Acre à CBF indicavam problemas de engenharia, de segurança, de combate a incêndios e condições sanitárias. Não foi sequer cogitada a realização do laudo estrutural.
Um trecho negritado na documentação enviada ao TJ-Acre, a promotora  diz que o Estado impôs sua vontade a qualquer custo sem se preocupar com a segurança dos torcedores, que corriam sérios riscos pelos abalos sofridos na estrutura do estádio.
Audiência vai definir situação do Arena da Floresta
Este ano o estádio Arena da Floresta não vai mais receber nenhuma partida oficial e deve permanecer fechado até a abertura da temporada 2012, com a Copa do Brasil. Nesse período de “desativação”, a Secretaria de Esportes pretende realizar os ajustes recomendados pelo Ministério Público Estadual, que pediu o fechamento daquela praça esportiva no inicio da série C este ano.
Hoje a tarde, na 4a. Vara Civil de Rio Branco, o secretário adjunto de esportes, Mauro de Deus, participa de uma audiência que deve servir para definir de uma vez por todas a liberaçao definitiva do Arena para o ano que vem. (Jairo Barbosa)
Matéria:ac24hoaras.com

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Nove alimentos aliados da saúde dos ossos (e um inimigo)

 

Ricos em cálcio, vitamina D e ômega-3, eles combatem a osteoporose

A perda de massa óssea é um problema sério, que atinge cada vez mais pessoas no Brasil. A Sociedade Brasileira de Osteoporose estima, considerando o último censo do IBGE, que existam 5,5 milhões de brasileiros com osteoporose, sendo a maioria mulheres acima de 50 anos e na menopausa. A doença é responsável por deixar os ossos menos densos e assim mais frágeis e suscetíveis a fraturas.

O problema progride lentamente e raramente apresenta sintomas antes que aconteça algo de maior gravidade, como uma fratura, que costuma ser estar relacionada a uma queda. Segundo dados fornecidos pelo Ministério da Saúde, ocorrem cerca de um milhão de fraturas no Brasil todos os anos, e cerca de 250 mil delas tem a osteoporose como causa.

Por isso, é importante focar na prevenção. "É aconselhado que desde a gestação, a alimentação seja vista como meio de prevenção contra a osteoporose. Se uma pessoa teve uma alimentação rica em cálcio, vitamina D e ômega-3 durante a infância e adolescência, ela terá menos chances de ter osteoporose quando adulta", diz a nutricionista Camila Leonel, da Unifesp. Conheça nove superalimentos que ajudam você a combater a doença, e um inimigo do cardápio contra a osteoporose.
Leite: Para aqueles que não são intolerantes à lactose, é o principal alimento para fortalecer os ossos. Ele carrega a maior quantidade de cálcio, a substância mais importante para a formação dos ossos. É aconselhado pelo Ministério da Saúde que adultos com menos de 50 anos de ambos os sexos consumam 1000 mg de cálcio por dia, enquanto para aqueles que têm mais de 50 precisam de doses de 1200 mg. Um único copo de 250 ml de leite tem 300 miligramas de cálcio. "Por conter cálcio de origem animal, que é absorvido pelo organismo com mais facilidade, o leite é o alimento que tem ação mais efetiva contra a osteoporose", diz a nutricionista Camila Leonel.
Derivados do leite: Se você não é um bebedor de leite, um copo de iogurte pode ser uma boa saída para incluir cálcio na sua dieta. Um copo de iogurte de 250 ml possui quase a mesma quantidade de cálcio que um copo de leite. "Existem muitos iogurtes que são enriquecidos com vitamina D, o que os torna um bom aliado contra a perda de cálcio nos ossos", explica a nutricionista. O queijo age da mesma forma que o iogurte, e pode ser consumido até em versões livres de lactose, já que o cálcio continua presente no alimento mesmo assim. 
Sardinha: Este peixe contém altas doses de cálcio e vitamina D, o que ajuda a deixar os nossos ossos mais fortes. Um prato com três sardinhas é tão ou mais benéfico para os ossos do que um copo de leite ou de iogurte. 
Vegetais: Além de já serem reconhecidos como fontes de vitaminas, os vegetais, principalmente aqueles de cor verde, como brócolis, couve, couve-flor, espinafre e agrião, são excelentes para fortificar os ossos. Pesquisadores da Universidade de Berna, na Suíça, descobriram que a ingestão de grandes quantidades desses vegetais ajuda a aumentar a densidade óssea em até 3%, tudo isso porque esses alimentos são ricos em cálcio e vitamina D.
Soja: Os grãos de soja e seus derivados têm efeito benéfico na fortificação dos ossos. "A oleaginosa é rica numa substância chamada de isoflavona, que por ter a estrutura muito parecida com o hormônio feminino estrógeno, ajuda os ossos a absorver minerais. Por isso, ela é altamente recomendada para as mulheres que entraram na menopausa", explica a nutricionista da Unifesp.
Salmão: Este peixe e outras espécies ricas em gorduras boas, como o atum e a truta, têm a melhor combinação para manter a saúde dos ossos: vitamina D, cálcio e ômega-3. "Com uma alimentação rica nesses nutrientes e o costume de fazer exercícios, fica muito mais difícil perder massa óssea", explica Camila Leonel. Os óleos de peixe já são largamente usados para combater a perda de massa óssea causada pela menopausa, diminuindo assim as chances de osteoporose.
Nozes e castanhas: Elas podem fortalecer os ossos de inúmeras maneiras. O principal motivo é a quantidade de ômega-3 de origem vegetal que esses alimentos possuem. Segundo uma pesquisa feita pela Universidade da Pensilvânia, o ômega-3, encontrado nas nozes e em uma grande variedade de castanhas (amêndoas, pistache, amendoim) pode ter efeitos protetores sobre a saúde dos ossos. Segundo os autores do estudo, eles também contêm altas quantidades de cálcio em sua composição.
Linhaça: O consumo de sódio em excesso pode ser um gatilho para a perda de cálcio nos ossos. "O consumo regular de linhaça auxilia os rins a excretar água e sódio, e assim pode proteger os ossos da perda de cálcio", explica a nutricionista Roberta Stella. Além disso, a linhaça é ótima fonte de ômega-3, gordura boa, que aumenta a densidade dos ossos.
Tomate: rico em minerais como magnésio, ferro, fósforo, manganês e potássio, participantes importantes na formação dos ossos, ele cai bem em qualquer tipo de molho, salada e é fácil de colocar na dieta. Além disso, possui vitaminas A, C e licopeno- substância que dá a coloração vermelha ao tomate e que previne contra vários tipos de câncer.
O INIMIGO
Sal: O sal é um dos alimentos que mais prejudica os ossos, por ser a principal fonte de sódio. Este mineral dificulta a absorção de cálcio dos nossos ossos, fazendo com que fiquem mais suscetíveis a quebras e fraturas. Por isso, principalmente mulheres na menopausa, devem evitar o sal, procurando seguir as recomendações do Ministério da Saúde. Segundo Camila, a quantidade indicada pela instituição é de seis gramas de sódio por dia, mas a média de consumo entre os brasileiros é de 18 gramas por dia, o que explica o grande número de pessoas que sofre com a osteoporose.
Matéria:minhavida.com.br

Orlando Silva deixa o ministério...já vai tarde.

Titular do Esporte é o quinto ministro a cair sob denúncia de irregularidade.
Silva sempre negou desvio de verba e disse que policial que o acusou mente.

O ministro do Esporte, Orlando Silva, deixou o cargo no início da noite desta quarta (26) após uma reunião de mais de uma hora com a presidente Dilma Rousseff no Palácio do Planalto.
A saída de Orlando Silva é o resultado de quase duas semanas de desgaste político depois da divulgação da denúncia de que o ministro teria participação em um esquema de desvio de dinheiro público do Segundo Tempo, um programa do federal destinado a promover o esporte em comunidades carentes.
O próprio ministro fez o anúncio, em uma entrevista coletiva depois do encontro com a presidente. Silva, que tinha ao lado o presidente nacional do PC do B, Renato Rabelo, disse que examinou com Dilma a "crise" que, segundo afirmou, foi produzida com as denúncias sobre ele.
"Examinamos essa crise criada nos últimos dias, os ataques que sofri. Eu reafirmei para a presidenta que não há, não houve nem haverá quaisquer provas que me incriminem, diferentemente do que foi publicado em uma revista semanal. Fato nenhum houve que possa comprometer a minha honra, fato nenhum houve que possa comprometer a minha conduta ética", declarou.
Ao se dizer vítima de um "linchamento", reafirmou que a "verdade virá à tona". "Fui mais uma vez firme, indignado. Falei com a presidente da minha revolta com esse linchamento público que eu vivi, mas tranquilizei ela afirmando que em poucas semanas a verdade virá a tona e ficará claro para a sociedade brasileira que não há nada que possa me incriminar".
Sobre as denúncias de desvios do programa Segundo Tempo, Orlando Silva disse que as "ilações" "não têm comprovação prática e os erros identificados por nós no programa foram enfrentados". "Eu determinei a devolução do dinheiro público. Eu identifiquei o mal feito e eu agi para corrigir o mal feito", afirmou.
De acordo com o Palácio do Planalto, a exoneração, a pedido de Orlando Silva, será publicada no "Diário Oficial da União" nesta quinta-feira (27).
Na entrevista, ele explicou por que pediu a demissão. "Essa é uma decisão consciente que tomei, que a presidente apoiou por entender que, primeiro, eu posso me defender com mais ênfase a minha honra, que foi ferida sem nenhuma prova cabal", afirmou. "Saio com o sentimento do dever cumprido. A injustiça está em calúnias ganharem ar de veracidade."
PC do B
O presidente do PC do B, Renato Rabelo, disse que a decisão sobre o substituto de Orlando Silva "cabe à presidenta da República". "O que posso adiantar é o seguinte: a presidenta vai resolver isso logo", disse ao lado de Orlando Silva.
Segundo ele, o partido mantém "relação de grande intimidade e grande identidade" com o governo da presidente Dilma Rousseff. "Contribuímos para o êxito e a vitória de Lula em 2002 e em 2006 e agora da presidente Dilma, em 2010", declarou.
Rabelo afirmou que Orlando Silva é "honesto, competente, sincero, um jovem com grande capacidade". "Nada do que o acusam foi provado", disse.
Sobre o suposto beneficiamento do PC do B em convênios com a pasta, Rabelo disse que o partido não pode ser comprometido por causa de filiados. "O PCdoB gratuitamente é atingido sem nenhum prova porque, existindo um ou outro filiado do PCdoB em uma ONG ou outra querer caracterizar isso como benefício do PCdoB?", indagou.
A crise
A demissão do ministro se deu um dia depois do anúncio de que o Supremo Tribunal Federal autorizou a instauração de inquérito para investigar o ministro, a pedido da Procuradoria Geral da República.
No fim da tarde desta quarta, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, anunciou que Silva deixaria o comando da pasta e que a "tendência" é de que o ministério fique com o PC do B e de que haja uma solução de "interinidade", para que depois assuma um sucessor definitivo.
Silva foi acusado pelo policial militar João Dias Ferreira, em reportagem publicada pela revista "Veja" no domingo (16), de ter recebido um pacote com notas de R$ 50 e R$ 100 na garagem do ministério.
O ministro sempre negou participação no suposto esquema e afirmou que não há provas contra ele. Em audiência no Senado, disse que a denúncia era uma tentativa de tirá-lo à força do ministério. Também classificou a acusação como uma "reação" à cobrança de cerca de R$ 4 milhões de ONGs do policial por suspostas irregularidades em convênios.
João Dias foi preso no ano passado na Operação Shaolin, deflagrada pela Polícia Civil do DF para investigar fraudes no programa Segundo Tempo. As ONGs de João Dias, relacionadas ao kung-fu, são suspeitas de desviar verba de convênios assinados com o Ministério do Esporte.
A Controladoria-Geral da União pede a devolução de mais de R$ 4 milhões repassados pelo Ministério do Esporte a entidades de João Dias.
Outros ministros
Com a saída de Orlando Silva, são cinco os ministros que deixaram o governo sob denúncias de irregularidades após quase dez meses do mandato da presidente Dilma Rousseff.
Antes de Silva, pediram demissão Antonio Palocci (Casa Civil), por suposto enriquecimento ilícito; Alfredo Nascimento (Transportes), após suspeitas de superfaturamento em obras de rodovias; Wagner Rossi (Agricultura), que usou jatinho de uma empresa privada que tinha contratos com o ministério; e Pedro Novais (Turismo), após denúncias de irregularidades no uso de verbas oficiais quando exercia o mandato de deputado.
Nelson Jobim saiu da Defesa após a crise política motivada por declarações – que ele nega ter dado – de que as colegas de ministério Ideli Salvatti e Gleisi Hoffmann eram “fraquinhas”.
Perfil
Baiano de Salvador, Orlando Silva nasceu em 27 de maio de 1971 e chegou ao Ministério do Esporte em 2003. Por três anos, ocupou várias secretarias da pasta, então comandada por Agnelo Queiroz. Foi secretário Nacional de Esporte, secretário Nacional de Esporte Educacional e secretário-executivo do Ministério do Esporte. Com a saída de Agnelo para tentar uma vaga no Senado em 2006, ele assumiu o comando do ministério.
Desde então, Silva teve desafios como a realização dos Jogos Pan-Americanos de 2007, no Rio de Janeiro, e a candidatura vitoriosa do país na Copa do Mundo. Acompanhou também a disputa do Rio de Janeiro com Madri, Tóquio e Chicago para sediar as Olimpíadas de 2016.
Polêmicas também fizeram parte do currículo do ministro, como o escândalo dos cartões corporativos, em 2008, que resultou na saída da então ministra da Igualdade Racial, Matilde Ribeiro. Ele teria usado o cartão de crédito corporativo para a compra de uma tapioca no valor de R$ 8,30.
Na época, ele alegou que realizou o gasto por engano porque o cartão pessoal seria parecido com o corporativo, e decidiu devolver ao Tesouro Nacional mais de R$ 30 mil em despesas feitas em 2006 e 2007 no cartão corporativo.
Orlando Silva também foi presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), entidade que atualmente tem ex-dirigentes na cúpula do Ministério do Esporte.
Matéria:g1.globo.com

Orlando Silva decide deixar o Ministério do Esporte e vai entregar carta de demissão a Dilma

Orlando Silva em sessão na Câmara nesta terça-feira  - Ailton de Freitas


BRASÍLIA - O ministro do Esporte, Orlando Silva, vai entregar sua carta de demissão nesta quarta-feira em encontro com a presidente Dilma Rousseff, marcado para as 15h. Orlando Silva vai reafirmar sua inocência a presidente e dizer que a sua saída do comando da pasta será melhor para o Brasil. O nome de consenso do PCdoB para substituí-lo é o de Aldo Rebelo, ex-ministro de Relações Institucionais do governo Lula.
A decisão foi tomada durante reunião no Palácio do Planalto, pela manhã, para discutir o agravamento de sua situação, com a abertura do inquérito pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para investigar as denúncias de desvio de verbas do Programa Segundo Tempo . Participaram da reunião o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, o presidente do PCdoB, Renato Rabelo, além dos líderes do partido na Câmara, Osmar Júnior, e no Senado, Inácio Arruda.
Antes da reunião, o presidente do PCdoB teve uma longa conversa com Orlando, já para avaliar o cenário contra o ministro. Na segunda-feira, a avaliação do Planalto era de que o partido deveria conduzir saída do ministro .
Em reunião da cúpula do PCdoB na terça-feira à noite, na casa do deputado Aldo Rebelo (SP), os integrantes do partido jogaram a toalha e decidiram que não havia mais como sustentar a permanência de Orlando Silva. Depois de muita discussão com o presidente do partido e outros líderes, o nome de consenso para substituir Orlando era o do ex-ministro Aldo Rebelo.
- A unanimidade da bancada concluiu que a situação era insustentável e estava atingindo o partido como um todo. Num primeiro momento, a decisão era se unir em torno do nome de Orlando porque todo mundo achava que era tudo mentira, e ainda acha. Mas ele perdeu todas as condições políticas de continuar no cargo. Na reunião a coisa se afunilou para o nome do Aldo - contou um dos parlamentares presentes à reunião. 
Matéria:oglobo.globo.com

SERÁ QUE DESSA VEZ É PRA VALER...Rio Branco FC desiste de ações na justiça e abandona a série C


Depois de tantas idas e vindas, a diretoria do Rio Branco FC finalmente chegou a um consenso sobre a situação do clube na disputa da terceira divisão nacional. Ontem a noite, durante reunião com o Conselho Deliberativo, o presidente do clube, Natalino Xavier, anunciou oficialmente a retirada de todas as ações que a agremiação mantinha na justiça que garantiam a permanência na disputa da série C 2011. Com a medida, o RBFC está fora da competição e conseqüentemente adia o sonho de chegar a segunda divisão nacional. Natalino Xavier, na verdade, se antecipou ao Conselho que iria pressioná-lo a desistir da batalha judicial para evitar um desgaste e uma possível punição ao clube.
Estrelão permanece na série C
A desistência da batalha judicial não vai acarretar a queda do Estrelão á série D. O presidente da Federação de futebol do Acre, Antonio Aquino Lopes, vai intervir junto á CBF para garantir a permanência da equipe na terceirona.
Conselheiros votaram relatório
Na reunião de ontem, os conselheiros votaram o relatório financeiro da gestão de Xavier á frente do clube. A análise técnica foi aprovada com ressalvas, uma vez que segundo o presidente do Conselho, Getúlio Pinheiro, foram detectadas falhas técnicas que terão que ser corrigidas.
“O presidente terá um prazo até o final do ano para apresentar a documentação para corrigir essas falhas. Esse prazo termina justamente no mesmo dia em que se encerra o mandato dele á frente do clube”, disse Pinheiro.
Getúlio também anunciou o início do prazo para inscrição de chapas para a escolha do novo presidente do Estrelão. A eleição acontece no próximo dia 11 de novembro e as chapas já podem ser inscritas a parti de hoje. até agora somente o nome do empresário Bruno Cota Paiva aparecer como pré candidato.
Matéria:ac24horas.com
* Com essa atitude, o presidente do Rio Branco vai tentar pelo menos manter o time na terceirona do ano que vem, mais nada está garantido; pois com certeza o Araguaína/TO, vai lutar com unhas e dentes para não ser o rebaixado e sim o Rio Branco, pois a decisão foi essa.

Bomba na Credmac


Conselheiros da Credmac prometem mostrar documentos que comprovam irregularidades na cooperativa de crédito dos militares

O tempo está se fechando na Credmac e o próximo sábado, dia 29, promete ser de temporal na sede da Fetacre. Isso porque os conselheiros fiscais prometem mostrar documentos, na assembléia geral, que comprovam várias irregularidades praticadas pela atual diretoria da cooperativa. Um dos pontos levantados por um dos militares que pretende realizar a denúncia para os sócios diz respeito aos empréstimos vultuosos direcionados para algumas pessoas que estão à frente da Credmac.

Na assembléia, diante das denúncias, será solicitada a saída temporária da diretoria executiva do banco e a eleição de uma diretoria temporária que trabalhará enquanto são apuradas outras irregularidades.

O Blog 4 de Maio recolheu a informação de que o atual presidente, Felício, não teme os documentos e que aparentemente está tranqüilo quanto às denuncias. Ele não aceita seu afastamento da cooperativa de crédito e pretende participar da assembléia.

- Convidamos a todos os cooperados a participarem da assembléia, é o nosso patrimônio que está em jogo, todos devem ter consciência do que está acontecendo na Credmac, todas as decisões devem ser tomadas em conjunto, disse o conselheiro.

Não se descarta a falência da cooperativa que, segundo o conselheiro, nem fazer empréstimo pode mais.

Assembléia Geral da Credmac

Dia: 29 OUT 2011 (sábado)
Horário: às 07:00 horas em primeira convocação (presença de 2/3 dos associados);
                  às 08:00 horas em segunda convocação (presença de metade e mais um dos associados);
                  às 09:00 horas em terceira e última convocação (presença de no mínimo 10 associados);

             Local: SEDE DA FETACRE, localizada na Avenida Getúlio Vargas, nº 2.578 – bairro Bosque. 
Ponto Referência: Em frente à Sede Social do SESC BOSQUE.


              Pauta:     1. Reforma do Estatuto;
                   2. Destituição do Diretor Presidente da SICOOB
              Matéria:a4demaio.blogspot.com

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Juiz tcheco apita partida bêbado e jogo é cancelado... tá pior do que no Brasil

O árbitroTomas Frida encheu o pote antes de entrar no gramado Foto: Reprodução

Essa é para a galera nunca mais reclamar da qualidade da arbitragem brasileira. Na República Tcheca, um jogo de futebol terá que ser repetido por uma motivo pra lá de inusitado. O juiz Tomas Frida, responsável pelo duelo entre Jestrabi Lhota e o Tynec-nad-Labem, entrou em campo completamente bêbado!
Para se ter uma ideia, o nível de álcool no sangue do soprador de apito era de 1,94g/l, o equivalente a algo em torno de dez latinhas de cerveja. Ao longo do confronto, Frida levou vários tombos, chamando a atenção de todo mundo. A falta de noção foi tanta que o cara chegou a expulsar três jogadores do time visitante sem nenhum motivo lógico.
- O seu hálito parecia uma destilaria. Ele não escondeu que tinha festejado um aniversário - revelou um representante do Jestrabi Lhota, Karel Dusek, de acordo com o site português "Mais Futebol".
No fim das contas, prevaleceu o fair play. Mesmo beneficiados pelo alcoolismo do juizão, foram os próprios donos da casa que chamaram a polícia, que acabou confirmando o estado de embriaguez. A partida foi anulada e terá que ser repetida nas próximas semanas - dessa vez, de preferência com um árbitro abstêmio. Tomas Frida, por sua vez, pode ser suspenso por até um ano.
Matéria:extra.globo.com

MEC DIVULGA GABARITOS DE PROVAS DO ENEM 2011

Cadernos de provas do Enem (Foto: G1)
Agora há pouco, o MEC divulgou o gabarito das provas dop Enem. São quatro provas de múltipla escolha, com 45 questões cada. 
Cerca de 4 milhões de estudantes fizeram o exame nos dias 22 e 23. Confira no link a seguir, http://enem.inep.gov.br/ o gabarito de sua prova e boa sorte.

CONTRACHEQUE ON LINE...A DISPOSIÇÃO

Imagem:servidorfederal.blogspot.com

O dinheiro dos Policiais Militares ainda não está na conta, mas para você que gosta de controlar e de visualizar os seus vencimentos, já se encontra disponível o CONTRACHEQUE on line, na página do Governo do Estado do Acre, acesse o endereço www.ac.gov.br, vá na parte de Servidor Público/Informações Financeiras, cadastre sua senha ou se você já possuir, imprima ou visuzlize o seu contracheque.

Pelo Facebook, Gladson alerta sobre tragédia no aeroporto de Rio Branco

Deputado federal Gladson Cameli (PP-AC)
Deputado federal Gladson Cameli (PP-AC)


Num único post feito numa de suas contas no Facebook, Cameli recebeu a manifestação instantânea de centenas de seguidores, que como ele temem por uma tragédia no local.


O deputado federal Gladson Cameli (PP-AC), presidente da Comissão da Amazônia, Integração Nacional e Desenvolvimento Regional (Caindr), deu novamente um alerta a população e as autoridades acreanas e nacionais sobre o risco iminente de acontecer uma tragédia no aeroporto internacional de Rio Branco devido as péssimas condições da pista de pouso.


Gladson, que tem conhecimento da área de aviação, já enviou vários ofícios para Infraero questionando a situação. Ele também convocou uma audiência para discutir o assunto na Comissão da Amazônia com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Num único post feito numa de suas contas no Facebook, Cameli recebeu a manifestação instantânea de centenas de seguidores, que como ele temem por uma tragédia no local.

Gladson, que assim como os demais parlamentares federais acreanos fazem no mínimo dois vôos por semana entre Rio Branco e Brasília, além de viagens constantes para o interior do estado, informou que sua indignação diz respeito ainda aos prejuízos da população acreana e as empresas aéreas com relação aos cancelamentos diários de vôos.

“A questão não é só o prejuízo financeiro. Somente num dia em Rio Branco, um vôo da Trip arremeteu oito vezes, causando uma situação de desespero para todos os passageiros.

Da mesma forma, neste período de inverno, passageiros da TAM e da GOL estão passando pela mesma angústia diariamente. Isso está deixando a população aflita e ao mesmo tempo indignada. Precisamos saber o que será feito porque caso aconteça o pior os responsáveis por uma tragédia terão que aparecer”, disse Cameli.

Segundo Gladson, mais de 40% dos vôos de Rio Branco não conseguem pousar durante chuva, já que a pista está totalmente comprometida. Na maioria das vezes, esses vôos alternam para Cruzeiro do Sul, Porto Velho ou Manaus.

“Os vôos de Brasília para Rio Branco têm uma autonomia de combustível para operar durante cinco horas. Levamos três horas de Brasília para Rio Branco.

Já houve caso em que esses três aeroportos estavam sem teto, e só não aconteceu uma tragédia porque Manaus abriu faltando quinze minutos para acabar o combustível da aeronave. O que podemos imaginar de uma região que chove mais de seis meses no ano e a pista de pouso está totalmente comprometida?”, indaga o deputado.

Pelo Facebook, Cameli disse que a situação da pista de Rio Branco virou piada em vários lugares do país pelo fato da mesma ser enxugada por rodos todas as vezes que chove.

“Parece brincadeira, e quando contamos isso fora do nosso Estado, ninguém acredita. Só que não é brincadeira. Essa piada pode fazer muita gente chorar, caso não sejam tomadas as providências necessárias para solucionar este problema”, comentou.
Matéria:contilnet.com.br
* Só quem viaja e tem que pousar nesse aeroporto de Rio Branco é que sente na pele alguns desses acontecimentos. Eu já passei por um desses, em uma viaje há quase 02 anosl, quando o avião já se preparava para pousar, muito próximo da Pista, o avião sofreu um vento de cauda e treve que arremeter. Segundo relatos de alguns tripulantes e passageiros, isso é quase que normal, pois a pista é feita em uma posição que não é a mais adequada para pouso, mas enquanto ninguém toma providências, os passageiros e tripulantes que rezem para que nada de mais grave aconteça.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Série C: Acuado, Rio Branco-AC decide manter ação na Justiça Comum

O caso do time acreano será levado à Fifa e a provável punição não está descartada

Rio de Janeiro, RJ, 24 (AFI) - Os próximos capítulos da novela que tomou conta da Série C do Campeonato Brasileiro reserva grandes consequências poara seu protagonista, o Rio Branco, do Acre. Após ver o time coseguir liminar na justiça e seguir na disputa, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), deverá encaminhar o caso Fifa, o que poderá resultar em dráticas consequências para o time acreano.
Confira!
De acordo com o presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Rubens Approbato, os atos do Rio Branco poderá paralizar todo o futebol do estado, inclusive com a desfiliação de todos os eles da Fifa, o que impediria os times de exercerem suas atividades profissionais no futebol brasileiro.
A princípio a medida pode parecer "pesada" demais, mas, ainda de acordo com o presidente do STJD, a Fifa, entidade máxima do futebol, traça regras internacionais que são respeitadas e seguidas por todos os países, inclusive o Brasil. A interferência da justiça comum poderá ser interpretada como uma falta gravíssima, o que levaria a entidade a atitudes mais radicais.
O Rio Branco foi punido no STJD com a pena de eliminação da Série C após ter ingressado, ao lado do Estado do Acre,na Justiça comum, antes mesmo de ter passado por todas as instâncias da Justiça Desportiva, com o objetivo de obter uma medida cautelar autorizando a realização de jogos na Arena da Floresta, até então vetados por conta de recomendação do Ministério Público do Acre à CBF.
Em seguida, após a exclusão, uma liminar da Justiça do Acre e do Rio de Janeiro determinou a reintegração do Rio Branco à Série C, que foi prontamente atendido pela CBF, ja que, em caso de negativa, a entidade teria que arcar com uma multa de R$ 10.000,00.
A liminar que colocou o Rio Branco na série C novamente foi julgada e a Justiça determinar à CBF que a fase final do Campeonato Brasileiro da Série C fosse paralisada. A decisão voltou a bagunçar a tabela do campeonato, que não teve no final de semana o confronto entre Rio Branco e América-RN, inicialmente marcado para sábado, às 19 horas.
A decisão, tomada na última sexta-feira, não excluía o Rio Branco da Série C, como também não os colocava na disputa da fase final. O Luverdense (MT), que ficou sem a vaga na segunda e decisiva fase da Série C, promete buscar os seus direitos, e a novela deverá ser longa, até que se resolva e os times possam voltar à campo.
Matéria:futeboldointerior.com.br

Homicida da chacina do Bairro Cristo Libertador é preso em Rio Branco com mais de 1 kg de droga

Amirlando Silva do Nascimento, 19 anos, “o Mila” e seu primo Homero Nascimento da Silva, 18  foram presos no bairro Calafate em Rio Branco com mais de 1 kg de maconha e cocaína. De acordo com informações da Polícia, os primos pularam a janela de um vizinho e pegaram a chave de sua moto, levando o veículo em seguida, que foi usado para pegar drogas em uma boca de fumo no calafate.
A polícia civil, através da DRE – Delegacia de Repressão a Entorpecente, já investigava a dupla que culminou na prisão em flagrante na noite de ontem, 23.
Amirlandio Silva, o “Mila” já respondeu por dois homicídios em Sena Madureira e por roubo em Rio Branco, o outro, Homero Nascimento não tinha passagem pela polícia. Os dois foram indiciados por roubo, tráfico de drogas e associação ao tráfico.
Fonte: Ecos da Notícia/sena24horas.com.br

Menino de 14 anos é agredido a terçadadas ao tomar banho em poço

Agressor ataca todos os moradores que tentam tomar banho no poço comunitário/Foto: Edinaldo Gomes
Agressor ataca todos os moradores que tentam tomar banho no poço comunitário/Foto: Edinaldo Gomes
Informações colhidas por nossa reportagem apontam que o menino teria ido tomar banho em uma vertente quando foi surpreendido pelo autor do crime.
Uma tentativa de homicídio foi registrada em Sena Madureira no começo da tarde de sábado, 22, na Travessa da Vertente, bairro Ana Vieira, e vitimou um estudante de apenas 14 anos de idade.
Segundo informações, o garoto foi alvejado com duas terçadadas e em função da gravidade dos ferimentos foi encaminhado para o Pronto-Socorro de Rio Branco.
Informações colhidas por nossa reportagem apontam que o menino teria ido tomar banho em uma vertente quando foi surpreendido pelo autor do crime.
Os moradores afirmam que há vários anos o referido poço é usado pela comunidade, mas recentemente o autor do delito colocou estacas ao redor da vertente e tem tentado impedir o seu uso.
Revoltado por não ter sua ordem obedecida, ele descarregou toda sua ira no garoto. A mãe da vítima, Mauricélia Figueirote da Silva, 41, relatou em depoimento que na primeira terçada o estudante colocou um balde na frente para se defender e foi cortado no braço direito. Mesmo assim, o agressor continuou a ação e desferiu outro golpe no menino na altura do peito esquerdo, fugindo em seguida.
Bastante ensanguentado, ele foi socorrido por parentes e encaminhado num primeiro momento para o Pronto-Socorro do Hospital João Câncio Fernandes, sendo transferido minutos depois para o PS da capital.
A principal preocupação da família é que o mesmo estava sem os movimentos da mão cujo o braço foi cortado.
A notícia-crime foi registrada na Unidade de Segurança pública de Sena Madureira, sendo que o autor do crime já foi identificado, mas até o fechamento dessa matéria não tinha sido localizado. "Meu filho quase foi morto de forma covarde. Queremos que a justiça seja feita com a prisão desse monstro", disse dona Mauricélia da Silva.
As últimas informações da família revelaram que o estudante encontra-se com seu estado de saúde melhor e não corre risco de morte.
Matéria:contilnet.com.br
Fato foi denunciado na Delegacia de Sena Madureira

PM investiga entrega de 2.600 latas de cerveja em unidade prisional do Rio

Bebida foi entregue no domingo; Corregedoria abriu inquérito.
Oficial que permitiu entrada da bebida será autuado, segundo corregedor.


A Corregedoria da Polícia Militar vai investigar a entrega de 2.600 latas de cerveja na tarde de domingo (23) na Unidade Especial Prisional da PM, em Benfica, na Zona Norte do Rio. De acordo com o corregedor geral da PM, Waldyr Soares Filho, um Inquérito Policial Militar já foi aberto.

Segundo Soares Filho, o oficial de dia que trabalhava no momento da entrega das bebidas será autuado por permitir a entrada dos produtos no batalhão. Para o corregedor, o caso pode se tratar de uma encomenda feita por parte de militares presos. Ele não acredita, no entanto, que as bebidas seriam para uma festa no local.

A informação sobre o veículo carregado com bebidas chegou ao conhecimento do serviço de inteligência da Corregedoria durante a noite de domingo (23). Ao saber do caso, Soares Filho determinou que policiais da 1ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DJPM) fizessem a investigação.

Segundo o corregedor, os agentes foram ao local e encontraram as latas de cerveja dentro de uma Fiat Fiorino no estacionamento da unidade. Um homem, que seria o motorista do veículo, foi detido. Ao ser abordado, ele contou que as bebidas pertenceriam a um dos detentos.

A carga foi apreendida. O oficial de dia que autorizou a entrada do veículo que transportava as cervejas será autuado por descumprir as normas da corporação.
Matéria:g1.globo.com

CQACRE manejo Insustentável Antimary

Vídeo enviado para o Youtube por CQCacre em 21.10.2011.

Relatório apresentado pelo Ministério do Esporte mostra desvio de R$ 17 milhões

Renato Araújo/ABr 
Orlando Silva é acusado de participar do esquema de desvio no Ministério do Esporte
Um relatório divulgado pelo Ministério do Esporte em julho aponta desvios de R$ 17 milhões nos convênios entre a pasta e ONGs de Brasília e seus arredores.
O documento descreve 15 projetos em que recursos repassados pelo governo teriam sido desviados de seu fim. O relatório foi encaminhado a pedido de um deputado do Distrito Federal.
Esses projetos são vinculados ao programa Segundo Tempo, que repassa dinheiro para incentivar a prática de esportes em comunidades carentes, e está no centro da crise enfrentada pelo ministro do Esporte, Orlando Silva, acusado de ser o comandante do esquema.
Matéria:pop.com.br

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

PGR pede inquérito no STF sobre Orlando Silva e governador do DF e fontes afirmam que a Presidente Dilma irá demiti-lo hoje

Orlando Silva (Esporte) é acusado de desviar verba do ministério. Ele nega.
Procurador também quer investigar Agnelo Queiroz, que foi ministro de Lula.


O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, pediu nesta sexta-feira (21) que o Supremo Tribunal Federal (STF) abra inquérito para investigar o envolvimento do ministro do Esporte, Orlando Silva, e do governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, em suposto desvio de dinheiro público do programa Segundo Tempo, que visa incentivar a prática esportiva entre crianças carentes.
A investigação pretende apurar se houve crime de responsabilidade. Esta acusação é feita a autoridades como presidente da República, ministros de Estado, governadores e prefeitos quando há suspeita de infrações político-administrativas.
O inquérito tem um volume de 146 páginas e foi distribuído para a ministra Carmen Lúcia, que vai decidir se há elementos para iniciar a investigação. A Procuradoria não divulgou mais detalhes sobre o inquérito.
No pedido, Gurgel solicita que seja remetido ao STF o inquérito que tramita no Superior Tribunal Justiça (STJ) sobre Agnelo. O inquérito já aberto seria apensado à nova investigação, na qual seriam apuradas tanto as denúncias relativas a Agnelo quanto as que se referem a Orlando Silva. Segundo o procurador, existe uma "relação muito intensa entre os fatos". Agnelo, que trocou o PC do B pelo PT, foi ministro do Esporte entre 2003 e 2006.
O advogado de Orlando Silva, Antonio Carlos Almeida Castro, o Kakay, disse ao G1 que só irá se pronunciar depois que tomar conhecimento dos termos da abertura do inquérito. Castro está em Teresina (PI) e disse que conversou por telefone nesta sexta com Orlando Silva. Segundo ele, o ministro aguarda um encontro com a presidente Dilma Rousseff. Castro nega que o ministro pretenda pedir demissão.
O governador do DF disse que se trata de uma denúncia de um "mercenário que recebeu dinheiro". "Eu saí do Ministério do Esporte há 6 anos. Há 6 anos que eu não sou mais ministro. Não tenho um processo, um questionamento. E qualquer coisa como esse inquérito que estava no STJ é fruto da denúncia que foi feita na época da campanha que eu desmascarei, do mercenário que recebeu dinheiro para receber denúncia contra mim."
Agnelo Queiroz diz que o inquérito será uma "oportunidade" de mostrar que se trata de uma denúncia falsa. "Eu não tenho absolutamente nada, estou tranquilo. É só pegar os nada consta de todas as declarações, olhar os relatórios da CGU [Controladoria Geral da União] rigorosíssimos. Olhar os relatórios do Tribunal de Contas. Não tem pendência sequer da minha gestão."

Denúncias
Na edição do último final de semana da revista "Veja", o policial militar João Dias Ferreira afirmou que o atual ministro do Esporte, Orlando Silva, tinha envolvimento em um suposto esquema de desvio de verba pública, nos últimos oito anos, do programa Segundo Tempo. Ferreira disse que Silva recebeu um pacote de dinheiro na garagem do ministério. O ministro nega as acusações, afirma que não há provas contra ele e que o policial mente.
Nesta sexta (21), no microblog Twitter, Orlando Silva afirmou que preparou um relatório sobre as acusações publicadas pela imprensa durante a semana, as quais ele classificou como "mentiras".
Inquérito no STJ
O governador do Distrito Federal é um dos investigados em inquérito que tramita no Superior Tribunal de Justiça (STJ) para apurar suposto desvio de verbas no Ministério do Esporte. Agnelo foi ministro da pasta entre janeiro de 2003 e março de 2006.
O processo tramitava na 12ª Vara da Justiça Federal e só foi para o tribunal por conta do foro de Agnelo - pela lei, governadores só podem ser investigados ou processados no STJ. O inquérito, de número 761, chegou ao gabinete do ministro Cesar Asfor Rocha, do STJ, na última terça (11). A informação foi divulgada na edição desta terça do jornal "Folha de S.Paulo".
Segundo o inquérito, o motivo pelo qual Agnelo aparece na investigação é o depoimento à Polícia Federal da testemunha Geraldo Nascimento Andrade, que afirmou ter entregue em 8 de agosto de 2007 a quantia de R$ 256 mil em dinheiro nas mãos do ex-ministro. Na época, Agnelo já havia deixado o Ministério do Esporte. O ex-ministro e atual governador sempre negou a acusação, que chegou a ser explorada por adversários na campanha eleitoral do ano passado.
Por meio de nota divulgada pela assessoria de imprensa do governo do Distrito Federal, o governador Agnelo Queiroz afirma que o inquérito no STJ é "mero instrumento de apuração de fatos" e que "jamais foi considerado réu".
Fonte:g1.globo.com
* Segundo informações não oficiais a Presidente Dilma, já marcou uma reuinião e irá demiti-lo ainda hoje; A Fifa, através do seu secretário-geral Jeróme Valcke, já deixou escancarada a informação de que não quer mais conversas com Orlando Silva e espera um novo represante do governo brasileiro para negociar sobre assuntos referentes ao mundial, desde que não seja o até então Ministro dos Eportes Orlando Silva.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

13 MENORES JÁ FORAM CAPTURADOS


Informações dão conta que até o momento,  13 (treze) dos 18 (dezoito) menores que renderam os Sócios Educadores e fugiram do Centro Sócio Educativo Purus, já foram recapturados.
Ações conjuntas da Polícia Militar e Civil, fizeram com que em menos de 24 horas, quase todos os menores já fossem novamentes apreendidos. Com essas ações, espera-se que em menos de 48 horas , todos os menores já estejam de volta ao Centro Sócio Educativo.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

URGENTE: MENORES RENDEM SÓCIOS EDUCADORES E FOGEM EM MASSA DA "POUSADA"

Imagem:rioparanazao.com.br
Agora há pouco no Centro Sócio Educativo Purus, 18 (dezoito) menores fugiram.
Segundo informações extra oficiais, os menores simularam uma confusão e quando os 02 (dois) Sócios Educadores, que estavam no momento, se dirigiram para resolver a situação, os menores renderam os mesmos e empreenderam fuga.

Lei inédita proíbe concurso público para cadastro reserva em Sena Madureira


O vereador Josandro Cavalcante, conseguiu aprovar na Câmara Municipal de Sena Madureira um projeto inédito que prevê aos candidatos aprovados em concurso público não apenas a expectativa de direito, mas o direito efetivo à nomeação. Para vetar que se burle a esse princípio constitucional, a lei proíbe a realização de concurso exclusivamente para formação de cadastro reserva, nos quais não haveria previsão do número de vagas colocadas em disputa.
- Não é moral, razoável ou justo que o Poder Público publique edital de concurso público, provocando a mobilização de dezenas ou mesmo centenas de milhares de candidatos que, após pagarem inscrição, adquirirem livros, matricularem-se em cursos preparatórios, submeterem-se a rigorosa seleção, e, uma vez aprovados e classificados dentro do número de vagas expressamente estabelecido no edital, vêem seus esforços frustrados pela omissão do Poder Público em nomeá-los para o cargo para o qual tanto lutaram – comentou Josandro.
Com base no capítulo VII da Administração pública foi introduzida ainda a determinação de que o número de vagas colocadas em disputa reflita as efetivas necessidades do serviço, medida que promove a racionalidade na gestão de pessoal da Administração e resguarda o interesse público.
Essa nova lei, que para ser aprovada ainda precisa ser sancionada pelo Prefeito, é inovadora e pioneira no Brasil, aonde acaba com o cadastro reserva e obriga a contratação dos aprovados em concursos.

A nova lei é baseada no art. 37 da constituição, que diz que a expectativa gerada ao cidadão deve ser correspondida.
Leia a seguir na integra a a nova lei:
O princípio da moralidade, insculpido no artigo 37 da Constituição Federal, impõe ao Poder Público a obrigação de corresponder à expectativa criada nos cidadãos pela oferta de vagas.
Não é moral, razoável ou justo que o Poder Público publique edital de concurso público, provocando a mobilização de dezenas ou mesmo centenas de milhares de candidatos que, após pagarem inscrição, adquirirem livros, matricularem-se em cursos preparatórios, submeterem-se a rigorosa seleção, e, uma vez aprovados e classificados dentro do número de vagas expressamente estabelecido no edital, vêem seus esforços frustrados pela omissão do Poder Público em nomeá-los para o cargo para o qual tanto lutaram.
O projeto que apresentamos busca corrigir essa distorção, concedendo aos candidatos aprovados dentro do número de vagas oferecido não apenas a expectativa de direito, mas o direito efetivo à nomeação. Para evitar possível burla a esse direito, vedamos a realização de concursos públicos exclusivamente para formação de cadastro de reserva, nos quais não haveria previsão do número de vagas colocadas em disputa.
Introduzimos, ainda, a determinação de que o número de vagas colocadas em disputa reflita as efetivas necessidades do serviço, medida que promove a racionalidade na gestão de pessoal da Administração e resguarda o interesse público.

CAPÍTULO VII
DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
Seção I
DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 37. A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e, também, ao seguinte: (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)

I - os cargos, empregos e funções públicas são acessíveis aos brasileiros que
preencham os requisitos estabelecidos em lei, assim como aos estrangeiros, na forma da lei; (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)

II - a investidura em cargo ou emprego público depende de aprovação prévia em concurso público de provas ou de provas e títulos, de acordo com a natureza e a complexidade do cargo ou emprego, na forma prevista em lei, ressalvadas as nomeações para cargo em comissão declarado em lei de livre nomeação e exoneração; (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)



GRATO,

JOSANDRO CAVALCANTE
VEREADOR - PSDB 
Fonte: ac24horas e assessoria do vereador Josandro